Acessibilidade e Estudo dos Impactos no Tráfego local do Estádio de Futebol do S.C. Corinthians em Itaquera, São Paulo

Cliente: Construtora Norberto Odebrecht S.A.
Local: São Paulo, São Paulo, Brasil


Trabalho decorrente da implantação de um Estádio, localizado na Av. Dr. Luís Ayres, no bairro de Itaquera, com área construída total aproximada de 139.555 m².
Foram desenvolvidas as seguintes atividades técnicas:

Projeto Funcional de Acessibilidade

Elaboração de projeto funcional do sistema viário de acesso com incorporação das medidas corretivas necessárias no sistema viário existente e proposto em função das alterações em curso no projeto de arquitetura, devido ao novo posicionamento dos pontos de acesso ao estádio.

  • Estimativa dos volumes de tráfego divididos por tipo (automóveis / táxis, transporte coletivo - ônibus urbanos e fretados/metrô/trem e pedestres);
  • Estudo dos acessos ao empreendimento e necessidade de áreas de acomodação.

Relatório de Impacto Sobre o Tráfego

No relatório foram abordados aspectos como:

  • Análise da situação e do tráfego atual no entorno do empreendimento;
  • Estimativa das diferentes demandas a serem geradas pelo Estádio, para análise dos volumes e das origens das viagens potenciais, que o empreendimento poderá atrair;
  • Estimativa das distribuições modal, temporal e espacial das viagens atraídas, para análise do impacto gerado sobre o sistema viário de entorno do empreendimento;
  • Definição do esquema de acesso de veículos e pedestres;
  • Dimensionamento do número de cancelas e área de acumulação junto aos portões de acesso;
  • Dimensionamento das calçadas destinadas à circulação e ao acúmulo de pedestres;
  • Análise da capacidade do sistema viário de acesso ao empreendimento, em função do dimensionamento da via proposta, associado à nova demanda a ser atraída pelo estádio;
  • Proposição de medidas mitigadoras e melhoria nas condições de segurança e circulação de pedestres no sistema viário lindeiro.

A análise do impacto foi feita para a situação mais crítica, ou seja, com o estádio operando em sua plena capacidade.

Metodologia utilizada: Volume sobre Capacidade (Baseado no HCM).

 


Desenvolvido por TheMediaGroup